Onde imprimir suas estampas? Be Diff!

Oi pessoal!

Se eu pudesse eleger uma pergunta como a que eu mais recebo dos leitores aqui do blog, certamente seria: “Patrícia, onde posso imprimir as minhas estampas?”. Então, sem mais delongas, vou responder: Be Diff!

O pessoal que me acompanha aqui há algum tempo já sabe bem que eu só recomendo aquilo que confio e conheço, certo? Pois essa dica eu posso dar de olhos fechados e tenho certeza que vocês vão adorar! Já recomendei a Be Diff para muitos de vocês através de emails ou mensagens no facebook, mas chegou a hora de fazer um post mais detalhado para todo mundo!

image Continue lendo…

Tutorial – Carimbos geométricos

Oi gente!

Mais um tutorial no ar e dessa vez é para todo mundo colocar a mão na massa e se sujar de tinta! Vocês estão lembrados de umas fotos que eu postei no Instagram e no Facebook mostrando alguns carimbos geométricos que eu fiz? Pois esse é o tema do post de hoje!

image

Esses carimbos são super rápidos e fáceis de se fazer. O ideal, na verdade, seria utilizarmos materiais mais resistentes para a base – como madeira ou acrílico – mas, para este tutorial, escolhi usar papel paraná, que é um material bastante acessível e prático de se trabalhar.

O ponto positivo de se trabalhar com papel paraná é que ele é fácil de cortar e podemos encontrar em praticamente qualquer papelaria ou até mesmo em fundos de blocos de papel que temos em casa. O lado negativo é que, com ele, não poderemos lavar os carimbos, pois o paraná poderá ficar molhado e se estragar. É claro que podemos dar um jeitinho, mas não é tão prático quanto um carimbo com base de madeira, por exemplo.

Bom, vamos à lista de materiais para criar os carimbos!
image

  • Base de corte – para você não cortar a sua mesa rs.
  • EVA – procure a maior espessura que você conseguir! Se o EVA for muito fininho, quando colocamos tinta no carimbo, corremos o risco de pintar também a base. O meu tem 5mm de espessura.
  • Cola “Tek Bond” – gostei muito dessa cola, é uma espécie de Super Bonder (portanto cuidado com os dedos!), mas vocês também podem usar cola de isopor.
  • Bisturi ou Estilete (recomendo a marca Olfa)- para cortes mais precisos.
  • Tesoura – para cortes retos e simples.
  • Papel paraná – para a base.
  • Lápis – para traçar as formas que vamos cortar.
  • Régua.

Ok, agora vamos à montagem dos carimbos. Como estes são carimbos com formas geométricas simples, podemos inclusive cortar o EVA com a tesoura. Antes de desenhar, lembre-se que, como estamos fazendo um carimbo, a forma será “espelhada”, ou seja, se você quer uma forma complexa, terá que desenhá-la espelhada para que ela fiquei “direito” após ser carimbada. Trace com um lápis no EVA o desenho que você quer cortar e, corte com uma tesoura ou com um estilete e o auxílio de uma régua.

Coloque o EVA recortado em cima de um papel paraná e crie uma base para ele, o mais rente possível. Isso vai ajudar na hora de carimbarmos pois como a base não é transparente, se deixarmos o fundo muito largo não vamos saber direito onde estamos carimbando. Com algumas gotas de Tek Bond (ou uma cola para isopor), cole o EVA no paraná e espere alguns segundos para secar. Não sei como funciona com a cola de isopor, mas a Tek Bond seca quase que instantaneamente!

Feito isso, vamos pintar! Abaixo, o resto dos materiais:
image

Agora, vamos aos materiais para pintar os carimbos (e depois “carimbá-los” rs.)

  • Batedor – super aconselho que vocês pintem os carimbos com um batedor ao invés do pincel normal. O batedor nada mais é do que uma esponjinha com um cabo de madeira que custa algo em torno de uns 8, 10 reais. Com ele, colocamos uma quantidade suficiente de tinta no carimbo e, dessa forma, o carimbo não irá “escorregar” quando for pressionado contra o papel ou tecido.
  • Pincel – para colocar a tinta no batedor (ou pintar diretamente o carimbo, se vocês preferirem)
  • Tinta para tecido – escolhi essas tintas pois são as que eu mais tenho aqui em casa e também porque eu gosto de carimbar/estampar tecidos! Elas também são super fáceis de se limpar, saem facilmente com água então limpamos carimbo, pincel e batedor bem rapidinho. Cada potinho custa em torno de R$2,50.

Pronto! Com esses passos super simples vocês podem criar carimbos geométricos (ou outros motivos!) e sair por aí carimbando tecidos, sketchbooks e criando novas estampas! Adoro esse efeito “handmade” dos carimbos e acho que eles são bons para sairmos da rotina do computador e fazermos algo com as nossas próprias mãos!

Gostaram? Espero que sim!
Beijinhos e até o próximo post!

Processo criativo: Mini-coleção de estampas “Whole lotta love”

Bom dia, gente! :)
Hoje vim falar do processo criativo de três das minhas estampas mais recentes – que são na verdade uma “mini-coleção” -, nas quais trabalhei com apenas um motivo, que acabou se desdobrando em três composições diferentes.

O nome da coleção é “Whole lotta love” porque, bem, é repleta de corações e porque eu tenho ouvido muito Led Zeppelin ultimamente, banda que eu amo! Rs. Se alguém ainda não conhece a banda ou a música, fica aí uma sugestão! ;)

O resultado obtido foi bem simples, mas eu fiquei bastante satisfeita, especialmente porque tudo começou de forma despretensiosa durante uma aula da pós-graduação, a coleção ficou bem colorida (do jeito que eu gosto!) e porque eu consegui retirar, de um mesmo motivo, três composições diferentes que me agradaram! Confiram abaixo os resultados:

image

image

image


Gostaria de explicitar que essa coleção foi desenvolvida por mim, com fins comerciais, e apresentada aqui apenas com o intuito de compartilhamento de informações, dicas e idéias. Logo, esta coleção ou as estampas individualmente não devem ser reproduzidas e/ou comercializadas! Não que algum de vocês vá fazer algo do gênero, meus leitores são uns queridos! ;* Mas é sempre bom avisar, certo? rs.

Mas, chega de papo! Vamos ao processo?
Como eu disse anteriormente, eu usei basicamente um motivo, que foi o seguinte:

image

A estampa foi toda feita no Adobe Illustrator CS6 e, para criar esse motivo, eu utilizei basicamente duas ferramentas: Pen Tool (caneta) e Blend Tool. Abaixo segue uma pequena imagem, para esquematizar o processo, que é super simples:

image

  1. Com a Pen Tool (e o auxílio de uma linha guia), eu desenhei o primeiro coração, amarelo, dupliquei e diminuí bastante essa cópia e dei à ela uma outra cor, nesse caso rosa.
  2. Em seguida, posicionei o coração menor no centro do maior
  3. E, por último, com a Blend tool, criei um degradê de corações intermediários (quatro no total), indo do menor para o maior.

Para quem não tem intimidade com o Illustrator, vou mostrar rapidinho como eu usei a ferramenta Blend:

image

Para completar, criei outros três corações, seguindo o mesmo processo, mas com cores diferentes nos corações menores e, consequentemente, nos corações intermediários. As outras cores escolhidas foram azul, vermelho e verde.

Com esses quatro motivos criados, comecei a testar composições.
Na primeira versão, com o fundo laranja, criei um encaixe simples e fui alternando os corações em duas “linhas”: uma de cores quentes e outra de cores frias.

Na segunda composição, de fundo verde, criei uma espécie de mandala/flor com os corações, totalmente simétrica e com o mesmo número de corações de cada cor. Agrupei essa mandala e usei o sistema de repetição em salto, para que os elementos se “encaixassem” melhor.

Por último, criei “duplinhas” de corações rebatidos na vertical e os encaixei de forma que o espaço entre cada dupla de corações fosse sempre uniforme.

Bom, acho que para o processo é isso! Se quiserem ver as estampas diretamente no meu portfólio (patriciacapella.com/whole_lotta_love.php), nele eu coloco também algumas simulações das estampas em objetos reais, pois isso me ajuda muito a ter noção de escalas, superfícies mais adequadas, etc. e, também, é muito importante na hora de “vender” a estampa! :)

O que vocês acharam dos resultados obtidos? Espero que tenham gostado! Adoraria receber um feedback de vocês então, como sempre, é só deixar nos comentários!

Beijinhos!

Referências – flores

Vocês lembram do post que eu fiz falando sobre o painel “Referências – flores” (bit.ly/painelreferenciasflores) no nosso Pinterest? Nele mostrei que o Estampaholic possui um painel no exclusivamente dedicado à fotos/imagens de flores, para nos inspirar na hora de criarmos os nosso florais. “Usem e abusem” dele! Rs.

Hoje eu estava procurando mais imagens de referência para colocar lá quando me deparei com essa imagem abaixo – e tive que vir compartilhar com vocês!

image imageimageimageimageimageimageimageimageimage

A imagem foi tirada do site weibo.com mas parece que é necessário um cadastro para acessá-la.

Adorei a idéia das flores estarem organizadas por cor, quase que em um degradé e, mesmo que não estejam em boa qualidade para vermos detalhes, serve como uma boa fonte de inspiração para pesquisarmos mais sobre aquelas que nos agradaram e usá-las posteriormente em nossas estampas (em forma de fotografia, ilustração, etc.). 

São tantos tipos de flores diferentes, fiquei encantada! E vocês, gostaram?

Precisei dividir a imagem em algumas partes para vocês poderem visualizar direito aqui no post, porém o link segue link para a imagem original: http://bit.ly/16o8uTC

Beijos!

Estampa Minha Flor

Mais uma estampa própria!
Estampa “Minha Flor”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

A estampa abaixo foi a primeira criada para a Pós-Graduação em Design de Estampas que eu estou cursando, no SENAI-CETIQT.

image

Foi pedido como trabalho final da matéria “Cor na Estamparia” uma estampa na qual as cores fossem pensadas de forma a conversar adequadamente com o desenho, o público-alvo e o suporte, levando em conta a harmonia das cores entre si e como esta se daria no conjunto.

No meu caso, eu quis fazer uma estampa para decoração, mais especificamente para almofadas. Como seria uma estampa aplicada em um pedaço pequeno de tecido (e não em um papel de parede, por exemplo), eu poderia caprichar – leia-se exagerar rs. – na saturação e na escala do desenho, coisas que eu adoro rs.

Comecei o processo a partir de 3 flores que eu recortei de fotos no Photoshop (do pacote de flores que eu falei nesse post, lembram?), imprimi em tons de cinza e desenhei por cima, à lápis, na mesa de luz. Esse desenho foi feito de forma estilizada e bastante gráfica, pois a minha idéia era ter grandes áreas de cor chapada e não a de produzir um desenho realista.

Em seguida, e aí entra a parte mais legal da estampa, as flores foram vetorizadas no Illustrator… pelo meu namorado! :) Namorado designer (e atencioso) é o que há! Amo! Acho que eu já falo com vocês de uma maneira bastante informal pra poder contar esses detalhes, né? rs. Depois de manualmente vetorizadas, chegou a hora de escolher as cores!

Desde que eu desenhei as flores grandes, eu sabia que queria rosa e vermelho em áreas grandes e lisas de cor. Com isso em mente, acabei misturando as duas cores dentro das próprias flores, alternando-as entre pétalas.

Para balancear o vermelho e o rosa super saturados e o amarelo muito luminoso, eu criei uma combinação alternativa ao preto e branco: bege com saturação média/baixa e um cinza escuro. Acredito que o conjunto ficou harmônico porque as cores bastante vibrantes das flores estão cercadas por folhagens cinzas escuras e um fundo mais calmo e acinzentado, o que não deixou o visual tão pesado.

Mas, depois não resisti e quis experimentar uma versão menos “comportada”, mudando para uma outra alternativa ao preto e branco e bem contrastante: azul escuro e cinza claro. E o resultado foi esse abaixo:

image

Fiz também uma simulação da aplicação delas em uma almofada no Photoshop pra ver se ficava legal e se atendia ao briefing.
image
image

E aí, qual das duas vocês escolheriam? Me ajudem! rs.

Opiniões são sempre muito bem-vindas ;)

Beijos!

Metapix – acreditem em mim: essa dica vocês não vão querer perder!

Não é segredo pra ninguém que eu adoro o Metapix!

O Metapix é um site sensacional pra quem quer aprender mais sobre os softwares Illustrator e Photoshop da Adobe, porém com um (enorme) diferencial: possui uma grande quantidade de vídeos totalmente dedicados à Estamparia. Antes de dar continuidade ao post, assistam o vídeo abaixo! :)

Tentando resumir para vocês, é um site super bem feito e organizado (vejam aqui a estrutura do curso), com vídeos (em português!) muito didáticos, divididos por temas, que você pode assistir a hora que quiser, te ensinando tudo que você precisa saber para trazer suas estampas à vida. Quer mais que isso?

Quem ministra os cursos online é o Lula Rocha, especialista certificado pela Adobe em Illustrator e Photoshop, com mais de 20 anos de experiência, formado pela PUC-Rio e Mestre em Design pela Central Saint Martins College of Art & Design. Atualmente, dá aulas na graduação de Design da PUC-Rio e na Pós-Graduação em Design de Estampas no SENAI-CETIQT (e é gente finíssima!).

Muitos dos vídeos do Metapix são gratuitos, mas eu aconselho fortemente, a quem puder, que faça a assinatura. Sugiro que comecem pelos vídeos livres, que vão dar uma idéia do que está por vir e, se vocês se interessarem, procurem se inscrever em um destes planos – vocês não vão se arrepender! A primeira opção dos planos é a mensal, que custa R$29,00 e é ótima para vocês experimentarem o conteúdo sem um maior compromisso.

Eu já perdi a conta de quantas vezes eu indiquei o Metapix para amigas, irmãos (dois designers!), namorado (também designer!), colegas de profissão, colegas da pós-graduação de estamparia, conhecidos… e todas essas indicações foram muito espontâneas, porque eu realmente gosto do site e ele já me ajudou muito!!

No final do ano passado, quando eu decidi mudar de vez a minha carreira, saindo de tecnologia para estamparia, eu tinha apenas um monte de idéias e sonhos na cabeça e nenhuma experiência na construção de estampas.

O Metapix me ajudou muito a ponto de, em poucos meses (de muito trabalho e dedicação, claro – virei inúmeras noites aprendendo, desenhando e criando estampas) eu já conseguir produzir algumas estampas próprias e, com isso, ter o meu próprio portfólio online (que você pode ver, clicando aqui!).

Além do site, você ainda encontra o Metapix no facebook e no pinterest!

Uso, assino, assisto, sugiro, indico, recomendo, adoro!
Beijos e não deixem de conhecer!!