Azulejos – catálogo de padrões

Oi gente, tudo bem??

O post de hoje é para compratilhar com vocês um site que eu descobri recentemente e que é maravilhoso para todos que amam azulejos!

Eu particularmente adoro os padrões que compõe os azulejos, dos mais simples aos mais complexos, e não me canso de procurar mais e mais referências. Como vocês sabem, a padronagem pode ir muito além da estamparia têxtil para moda e atuar também em outros setores como papelaria, decoração, cerâmica, entre outros, o que a torna ainda mais interessante!

inspi_azulejos Continue lendo…

Cursos Estampaholic (e mais!) no Stampa Studio – Rio de Janeiro

Oi gente, tudo bem???

É com muuuito prazer que eu venho aqui falar com vocês hoje sobre os cursos de estamparia que eu vou ministrar, a partir de março, no Stampa Studio aqui no Rio de Janeiro! :) Estou muito feliz deles estarem finalmente começando pois, como vocês já sabem, o meu objetivo com o blog é compartilhar com vocês tudo que eu sei, aprendo e descubro. Agora, com os cursos, poderei fazer isso também fora da tela do computador! ;)

Serão dois cursos diferentes nesse primeiro mês: “Processo criativo para coleção de estampas” e “Técnicas de ilustração com Copics“. Os cursos são para turmas pequenas, então são praticamente “aulas particulares”, onde eu poderei dar atenção à cada um dos participantes, individualmente e com bastante calma! Como são aulas semanais, entre uma e outra vocês poderão praticar e produzir bastante, para sempre levarem coisas novas de volta para a aula e também poderem tirar dúvidas. Abaixo, mais detalhes:

stampa_colecao_instaCurso Processo criativo para coleção de estampas
com: Patrícia Capella

Duração: 4 encontros semanais de 3 horas cada
Data: 11 de março à 01 de abril de 2014, terças
Horário: 14h às 17h
Investimento: R$650 à vista ou 2 parcelas de R$350
Local: Stampa Studio – Av. das Américas 4319 Bloco B-118 – Barra da Tijuca – RJ
Certificado: entregue ao final do curso
Vagas limitadas!
Inscrições: info@stampastudio.com
Objetivo: Auxiliar os alunos na criação de uma coleção de estampas através de uma metodologia prática e eficiente.

stampa_copic_instaCurso Técnicas de ilustração com Copics
com: Patrícia Capella

Duração: 3 encontros semanais de 4 horas cada
Data: 15 à 29 de março de 2014, sábados
Horário: 14h às 18h
Investimento: R$650 à vista ou 2 parcelas de R$350
Local: Stampa Studio – Av. das Américas 4319 Bloco B-118 – Barra da Tijuca – RJ
Certificado: entregue ao final do curso
Vagas limitadas!
Inscrições: info@stampastudio.com
Objetivo: Apresentar aos alunos as diversas técnicas e possibilidades de uso de marcadores Copic para a criação de ilustrações e estampas
Continue lendo…

Estampa Piñata + tutorial no Adobe Illustrator!

Oi gente, tudo bem?

O post de hoje vai ser bem completo (leia-se gigante rs.)! Vou mostrar para vocês uma estampa que eu fiz como trabalho para uma das matérias da Pós-Graduação (para quem ainda não sabe, eu curso a pós em Design de Estampas do SENAI-CETIQT) e, depois, dar uma dica de como construir alguns dos motivos dessa estampa com o Adobe Illustrator.

O resultado final obtido foi bem simples, mas nem por isso menos charmoso. ;) Eu confesso que não estava esperando ficar tão contente com o resultado mas até que fiquei, especialmente dada a correria na qual eu criei a estampa! (Legal que o professor vai ler isso tudo aqui rs.)

Quem acompanha o Estampaholic também através do facebook (facebook.com/estampaholic) já deve ter visto a estampa na nova foto de capa, certo? Bem, é em cima dela que eu vou fazer o post de hoje!

image

Para este trabalho, a estampa tinha que ser feita com o Illustrator e nós devíamos usar técnicas e ferramentas que aprendemos durante a aula do queridíssimo professor Lula Rocha, também criador do site Metapix (que vocês já conhecem bem, né?).

Pesquisei um pouco aqui, um pouco alí… mas, como o tema era livre, demorei um pouco para decidir o que queria criar rs. Como os florais sempre são a minha primeira opção, optei por fazer um, 100% vetorial e com uma referência visual que eu gosto e tenho pesquisado muito ultimamente: bordados mexicanos!

Para quem não sabe como são os bordados mexicanos, coloquei abaixo dois pequenos moodboards que eu criei para me inspirar:

image

image

Definidas as referências, comecei a criar os motivos e a paleta de cores.
Para os motivos, decidi criar flores bem simples como as que selecionei nos moodboards e, para isso, utilizei um efeito do Illustrator chamado Pucker & Bloat. Calma que eu vou explicar tudo direitinho, passo a passo! Rs.

O efeito Pucker & Bloat (que, em português, pode ser traduzido como “esvaziar” e “inflar”) pode ser aplicado em qualquer elemento e ele se encontra no painel “Appearance” (Windows > Appearance). Para quem não está familiarizado com este painel, nele podemos fazer inúmeras transformações na aparência de um elemento, é um painel muito, muito importante! Abaixo, coloquei o ícone e uma prévia do seu conteúdo para quem ainda não conhece:

image

image

Então vamos lá! Abaixo vocês podem ver os motivos que eu usei e como eu os construí. Vou mostrar como fazer uma das oito flores, pois o processo é o mesmo para todas e as restantes vocês já vão saber fazer sozinhos depois! ;)

image

Vamos ao passo-a-passo:

image

1) Selecione a ferramenta Star Tool. No painel de ferramentas, ela se encontra abaixo da ferramenta de texto e fica no mesmo grupo que as ferramentas retângulo, elipse, polígono. O ícone que aparece alí pode não ser o da estrela e sim o de outros ítens do grupo, mas basta clicar no ícone principal para que você selecioná-la na lista. Isso acontece porque o Illustrator coloca no painel principal a última ferramenta do grupo que foi selecionada.

2) Clique e arraste, sem soltar o mouse até a etapa 3! (importante!

3) Com as setas “pra cima” e “pra baixo” do teclado, aumente ou diminua o número de pontas da estrela. 

image

4) Selecione a estrela criada e escolha uma cor. Mantenha a estrela selecionada para o próximo passo.

5) Abra o painel Appearance (aparência) em Window > Appearance. Já no painel, clique no botão fx (Add New Effect) que aparece selecionado na imagem 5.

6) Selecione a opção “Distort & Transform” e, em seguida, “Pucker & Bloat…

image

7) No painel de controle da ferramenta Pucker & Bloat você pode escolher por “esvaziar” ou “inflar” o objeto selecionado. Se movermos o slider para a esquerda, em direção à palavra Pucker – gerando números negativos -, esvaziamos o objeto. Para este tutorial, o moveremos para direita para inflarmos a nossa estrela, arredondando suas pontas e a transformando em uma flor! A porcentagem que funcionou bem para mim foi de 30%, mas isso varia de acordo com o efeito que você deseja obter e também com  o tamanho da imagem. Mantenha a opção “Preview” ativada para que você acompanhe as transformações em tempo real.

8) Por fim, crie uma esfera no meio da flor para ser o miolo e escolha uma cor para ela. 

OBS: O efeito Pucker & Bloat, assim como todos os outros do painel Appearance, pode ser modificado a qualquer hora: basta clicar no nome do efeito no painel e fazer as mudanças necessárias!

Para criar as demais flores, fui repetindo o mesmo processo com outros objetos como estrelas com número diferente de pontas e polígonos! Experimente com pentágonos, hexágonos, dodecágonos… (aula de geometria, oi? hahaha).

Aumente bastante o número de lados, teste com números de lados pares, ímpares… e escolha uma bela paleta de cores! No efeito Pucker & Bloat, varie bastante a porcentagem (menor para obter flores mais “gordinhas” e maior para flores com pétalas mais longas, faça o teste!).

Simples, não? Aposto que vocês nunca mais vão querer desenhar uma pétala no Illustrator para construir esse tipo de flor rs.

Abaixo está o resultado final da estampa, com as 3 variações de paleta que eu criei. Após ter definido a paleta da estampa principal (de fundo amarelo), fui criando outras cores de fundo e, a partir dela, gerando novas harmonias de cor.

image

image

image

Para quem ficou curioso, as folhas foram construídas de outra maneira, utilizando os pincéis do Illustrator, mais especificamente o “Scatter Brush”. Se vocês quiserem eu posso fazer um outro tutorial falando apenas dele, basta deixar aí nos comentários. ;) Se tiver bastante gente querendo, eu dou sequência à este post!

Bom, me desculpem pelo post longo, mas eu gosto de fazer os tutoriais sempre muito bem explicadinhos! Caso ainda tenha ficado alguma dúvida, é só me falar!

Beijinhos e espero que vocês tenham gostado!

Processo criativo: Mini-coleção de estampas “Whole lotta love”

Bom dia, gente! :)
Hoje vim falar do processo criativo de três das minhas estampas mais recentes – que são na verdade uma “mini-coleção” -, nas quais trabalhei com apenas um motivo, que acabou se desdobrando em três composições diferentes.

O nome da coleção é “Whole lotta love” porque, bem, é repleta de corações e porque eu tenho ouvido muito Led Zeppelin ultimamente, banda que eu amo! Rs. Se alguém ainda não conhece a banda ou a música, fica aí uma sugestão! ;)

O resultado obtido foi bem simples, mas eu fiquei bastante satisfeita, especialmente porque tudo começou de forma despretensiosa durante uma aula da pós-graduação, a coleção ficou bem colorida (do jeito que eu gosto!) e porque eu consegui retirar, de um mesmo motivo, três composições diferentes que me agradaram! Confiram abaixo os resultados:

image

image

image


Gostaria de explicitar que essa coleção foi desenvolvida por mim, com fins comerciais, e apresentada aqui apenas com o intuito de compartilhamento de informações, dicas e idéias. Logo, esta coleção ou as estampas individualmente não devem ser reproduzidas e/ou comercializadas! Não que algum de vocês vá fazer algo do gênero, meus leitores são uns queridos! ;* Mas é sempre bom avisar, certo? rs.

Mas, chega de papo! Vamos ao processo?
Como eu disse anteriormente, eu usei basicamente um motivo, que foi o seguinte:

image

A estampa foi toda feita no Adobe Illustrator CS6 e, para criar esse motivo, eu utilizei basicamente duas ferramentas: Pen Tool (caneta) e Blend Tool. Abaixo segue uma pequena imagem, para esquematizar o processo, que é super simples:

image

  1. Com a Pen Tool (e o auxílio de uma linha guia), eu desenhei o primeiro coração, amarelo, dupliquei e diminuí bastante essa cópia e dei à ela uma outra cor, nesse caso rosa.
  2. Em seguida, posicionei o coração menor no centro do maior
  3. E, por último, com a Blend tool, criei um degradê de corações intermediários (quatro no total), indo do menor para o maior.

Para quem não tem intimidade com o Illustrator, vou mostrar rapidinho como eu usei a ferramenta Blend:

image

Para completar, criei outros três corações, seguindo o mesmo processo, mas com cores diferentes nos corações menores e, consequentemente, nos corações intermediários. As outras cores escolhidas foram azul, vermelho e verde.

Com esses quatro motivos criados, comecei a testar composições.
Na primeira versão, com o fundo laranja, criei um encaixe simples e fui alternando os corações em duas “linhas”: uma de cores quentes e outra de cores frias.

Na segunda composição, de fundo verde, criei uma espécie de mandala/flor com os corações, totalmente simétrica e com o mesmo número de corações de cada cor. Agrupei essa mandala e usei o sistema de repetição em salto, para que os elementos se “encaixassem” melhor.

Por último, criei “duplinhas” de corações rebatidos na vertical e os encaixei de forma que o espaço entre cada dupla de corações fosse sempre uniforme.

Bom, acho que para o processo é isso! Se quiserem ver as estampas diretamente no meu portfólio (patriciacapella.com/whole_lotta_love.php), nele eu coloco também algumas simulações das estampas em objetos reais, pois isso me ajuda muito a ter noção de escalas, superfícies mais adequadas, etc. e, também, é muito importante na hora de “vender” a estampa! :)

O que vocês acharam dos resultados obtidos? Espero que tenham gostado! Adoraria receber um feedback de vocês então, como sempre, é só deixar nos comentários!

Beijinhos!

Gotas #1

Em homenagem à esse belo dia que está fazendo no Rio de Janeiro (só que não! rs.) vou colocar aqui um apanhado de estampas sobre… chuva!

Sendo mais específica, reuní algumas estampas com “gotas” (drops) como tema principal. Eu acho que esse tipo de estampa, com as cores e os traços certos, pode ficar muito charmoso! Confiram a minha seleção!

Oh Boy!
image

Jorey Hurleyimage

Joan McGuireimage

Fabric Wormimage

Sarajo Friedenimage

E aí, deu vontade de ficar debaixo das cobertas assistindo um filminho ou vocês vão aproveitar essa noite de sexta-feira chuvosa pelas ruas mesmo? Eu vou ficar com o combo namorado + filme + brigadeiro rs.

Beijos!

Estampa Minha Flor

Mais uma estampa própria!
Estampa “Minha Flor”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

A estampa abaixo foi a primeira criada para a Pós-Graduação em Design de Estampas que eu estou cursando, no SENAI-CETIQT.

image

Foi pedido como trabalho final da matéria “Cor na Estamparia” uma estampa na qual as cores fossem pensadas de forma a conversar adequadamente com o desenho, o público-alvo e o suporte, levando em conta a harmonia das cores entre si e como esta se daria no conjunto.

No meu caso, eu quis fazer uma estampa para decoração, mais especificamente para almofadas. Como seria uma estampa aplicada em um pedaço pequeno de tecido (e não em um papel de parede, por exemplo), eu poderia caprichar – leia-se exagerar rs. – na saturação e na escala do desenho, coisas que eu adoro rs.

Comecei o processo a partir de 3 flores que eu recortei de fotos no Photoshop (do pacote de flores que eu falei nesse post, lembram?), imprimi em tons de cinza e desenhei por cima, à lápis, na mesa de luz. Esse desenho foi feito de forma estilizada e bastante gráfica, pois a minha idéia era ter grandes áreas de cor chapada e não a de produzir um desenho realista.

Em seguida, e aí entra a parte mais legal da estampa, as flores foram vetorizadas no Illustrator… pelo meu namorado! :) Namorado designer (e atencioso) é o que há! Amo! Acho que eu já falo com vocês de uma maneira bastante informal pra poder contar esses detalhes, né? rs. Depois de manualmente vetorizadas, chegou a hora de escolher as cores!

Desde que eu desenhei as flores grandes, eu sabia que queria rosa e vermelho em áreas grandes e lisas de cor. Com isso em mente, acabei misturando as duas cores dentro das próprias flores, alternando-as entre pétalas.

Para balancear o vermelho e o rosa super saturados e o amarelo muito luminoso, eu criei uma combinação alternativa ao preto e branco: bege com saturação média/baixa e um cinza escuro. Acredito que o conjunto ficou harmônico porque as cores bastante vibrantes das flores estão cercadas por folhagens cinzas escuras e um fundo mais calmo e acinzentado, o que não deixou o visual tão pesado.

Mas, depois não resisti e quis experimentar uma versão menos “comportada”, mudando para uma outra alternativa ao preto e branco e bem contrastante: azul escuro e cinza claro. E o resultado foi esse abaixo:

image

Fiz também uma simulação da aplicação delas em uma almofada no Photoshop pra ver se ficava legal e se atendia ao briefing.
image
image

E aí, qual das duas vocês escolheriam? Me ajudem! rs.

Opiniões são sempre muito bem-vindas ;)

Beijos!

Dicas sobre Aquarela #1

Oi gente! Eu estou escrevendo esse post pela terceira vez rs. Meu Google Chrome resolveu fechar sozinho duas vezes e toda hora que a janela do post reabria, aparecia tudo vazio rs. Mas não tem problema, a gente reescreve! Desculpem a demora, esse final de semana foi meio conturbado e eu acabei ficando um pouco distante do blog.

Como foi escolhido por vocês na enquete do facebook (ok, só 13 pessoas de mais de 2.800 responderam, vocês são muito quietinhos!) o tema deste post será “Dicas sobre Aquarela”. Lembrando que eu ainda farei posts sobre os outros assuntos, apenas perguntei pra saber qual vocês queriam ver primeiro!

O post de hoje não tem a intenção de ensinar aquarela para ninguém. Como vocês devem ter visto no último post sobre o assunto, o Referências de traços – Aquarela eu apenas estou começando a mergulhar nesse mundo que eu acho fascinante. Minha intenção aqui é dividir com vocês as descobertas que eu faço ao longo do caminho, durante as minhas pesquisas, estudos e experimentações.

O mesmo vale para a própria estamparia. Não sei se vocês tem a impressão de que, por eu ter um blog sobre o assunto, eu já sou uma profissional estabelecida na área rs. Na verdade eu sou apenas uma designer apaixonada pela carreira que escolheu pra si, procurando absorver todo o conhecimento possível pra poder entrar de vez no mercado. Então eu sigo estudando, até conseguir meu primeiro emprego na área ou alguns freelas bacanas! :)

Bom, chega de papo e vamos ao que interessa! Eu falo muito, me desculpem rs.

image

Procurando por referências para fazer o post anterior sobre aquarela, me deparei com imagens/sites/vídeos interessantes. Aliás, um outro motivo pelo qual eu demorei tanto pra escrever aqui é que eu queria fazer um post coeso e não simplesmente colocar um monte de informações randômicas sobre aquarela pra vocês. Vamos ver se eu consegui rs.

Resolvi falar nesse post sobre tipos de pincéis e o efeito produzido por eles. Pra isso, consegui juntar algumas imagens e vídeos. O primeiro vídeo que eu vou colocar aqui é um que apresenta os quatro tipos de pincéis mais usados em aquarela. O vídeo é feito pelo artista Bob Davies e a maioria das minhas referências neste post vem dele. O vídeo é em inglês – e com bastante sotaque – mas acho que dá pra entender bem mesmo se o seu inglês não é muito fluente. Lembrando também que o youtube permite colocar legendas (originais em inglês) e até traduzir as mesmas, mas eu ainda não testei essa tradução. Bom, sem mais delongas, vamos à ele:

Em seguida, tem um outro vídeo do mesmo autor, mas em um canal diferente (falo mais sobre isso depois). Esse vídeo fala dos efeitos produzidos por cada pincel e como você pode atingir efeitos parecidos com pincéis diferentes, ou seja, você não precisa gastar uma fortuna para poder começar a pintar as suas aquarelas!

Encontrei vídeos do Bob nos sites Art Tutor (link direto para os vídeos grátis de aquarela: http://www.arttutor.com/free-watercolour-tutorials) e Watercolour Secrets (link também direto para a página de vídeos grátis: http://www.watercoloursecrets.com/videos.html). Os dois sites funcionam em esquema de assinatura, porém eles disponibilizam alguns vídeos grátis pra gente ter uma idéia de como são as aulas e decidirmos se vamos querer, ou não, assinar.

No site Watercolour Secrets, o artista ainda disponibiliza um e-book, bem completo e totalmente grátis, para download. Você precisa cadastrar o seu email e o link para download chega em poucos minutos:
http://www.watercoloursecrets.com/ebook.html

Além disso, ele possui um canal no youtube (link direto para os vídeos sobre aquarela: bit.ly/19hrEdL) com vídeos que ensinam, por exemplo, como pintar árvores, animais, nuvens, etc. Eu me ative aos vídeos do Bob pois achei que as explicações eram bastante simples e assim o conjunto faria mais sentido.

Como esse post já está ficando muito longo, acho melhor deixar as outras informações para um próximo, certo? Se vocês gostarem desse post, posso fazer um outro mostrando pinturas básicas, cores, texturas… o que vocês acham? Como sempre, é só deixar nos comentários aqui ou no facebook!

Beijos!

Post 2 em 1: DIY e concurso de estampas (Front Row Society)

Oi gente!

Esse post, como diz o título, é 2 em 1! Inicialmente pensei apenas em postar um link para um tutorial que eu encontrei na internet, por se tratar de uma forma artesanal para se criar uma estampa. (Essa é pra turma que gosta de por a mão na massa!). Porém, ao final do tutorial percebi que esse post tinha como intuito, na verdade, chamar o pessoal para participar de um concurso de estampas africanas, naquele esquema de design/vote. Ou seja, você submete uma estampa e ela fica disponível para voto no site até uma data determinada.

Então, vamos por partes!

O site se chama Front Row Society (conhecem?) e eles promovem com uma certa frequência esse tipo de concurso.
O concurso em aberto no momento para envio de trabalhos é o “African Heat” e o título é bem auto-explicativo, certo?

Os vencedores desse concurso recebem, de imediato, a quantia de 200 euros e também um dos produto com a sua estampa, assim que estes chegarem na loja. Além disso, a cada 500 peças vendidas com a sua estampa, o autor recebe novamente a quantia de 200 euros. Por último, haverá uma entrevista com o vencedor e seus trabalhos serão divulgados em Berlim e internacionalmente.

Vocês podem ver mais detalhes sobre o concurso nesse link: http://www.frontrowsociety.com/boutique/modules/contest/designbrief.php?cid=59 e, ao abrí-lo, já irão se deparar com esse moodboard lindo:

image

Agora vamos ao motivo inicial desse post: um tutorial DIY de estampas utilizando… batatas! Vocês já ouviram falar em carimbos feitos com batatas? Bom, é um material bem barato, que todos nós temos em casa e cria um efeito handmade bem bacana. Claro que os motivos esculpidos na batata não serão muito complexos (não é pra brincar de xilogravura, ok? rs.) mas essa não é a idéia. O legal em estampas étnicas, mais especificamente as africanas, é o interesse que você consegue gerar com a combinação de formas simples e cores saturadas.

O tutorial se encontra neste link – http://www.frontrowsociety.com/frs/potato-stamping-for-africa-inspired-swimwear e, nas imagens seguintes, podemos ver tanto o processo quanto o resultado obtido com esse tutorial – depois de tratado no Photoshop. Notem que esse motivo é apenas uma sugestão da pessoa que desenvolveu o tutorial, o seu desenho você é quem deve criar!

imageimageimage

E aí, gostaram da idéia? Mãos à obra?
Beijos!

Estampa Flamingos

Mais uma estampa própria! 

Estampa “Flamingos”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

image

image

Essa estampa partiu de um sketch rápido que eu fiz pra me lembrar de que eu queria fazer uma estampa de listras com flamingos rs. Acabou virando a própria! É uma estampa simples, mas eu gostei do efeito de listras meio “interrompidas” pelos flamingos. O que vocês acham?

Foi bem menos trabalhosa do que a Clusters, que eu fiz post mostrando o processo criativo, mas se vocês quiserem eu faço um post com o passo-a-passo dessa aqui também. É só deixar nos comentários!

Beijos!

Tendência de estampas: Orientais

Porque nem só da nossa criatividade vivem as estampas, né?
Temos que estar sempre atentos às tendências do mercado para usarmos como referência na hora da criação.

O post “Inspire me now – Estampa Oriental”, do blog “The Fashion Hall” mostra uma série de produções onde a peça-chave possui uma estampa com motivos orientais como borboletas, pássaros, flores e folhagens japonesas.

image

Algumas peças ainda vem com uma modelagem semelhante às dos quimonos, reforçando ainda mais a tendência.

Quem quiser ver, é só clicar no link: http://www.thefashionhall.com.br/2013/04/inspire-me-now-estampa-oriental.html

Beijos!

Estampa Cherish

Mais uma estampa própria! Esses dias tem sido bem produtivos rs.
Estampa “Cherish”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

image

cherish

|ˈCHeriSH|
verb [ with obj. ]

protect and care for (someone) lovingly: he cared for me beyond measure and cherished me in his heart.

• hold (something) dear: I cherish the letters she wrote | (as adj. cherished) : cherished possessions.

• keep (a hope or ambition) in one’s mind: he had long cherished a secret fantasy about his future.

image

Essa estampa foi feita inteiramente com marcadores (markers) da Copic em papel da Canson especial para esse tipo de caneta, digitalizada e montada no Illustrator. Espero que vocês gostem! :)

Estampados #2

“Friozinho” começando a chegar – pelo menos aqui no Rio é com aspas mesmo – e nada melhor do que poder adicionar uma dose extra de estampa na nossa produção com acessórios elegantes como lenços e echarpes.

O que vocês acham? Gostam desses acessórios? Eu amo!!! Confiram a minha seleção:

Marc Jacobs via Net-a-Porter
image

Queenie’s Vintageimage

Liberty Art Fabrics via J.Crewimage

Anthropologie
image

J.Crew

image

ASOSimage

Spotted Moth (produto indisponível)image

Marc Jacobs via Shop Bop
image

J.Crew (produto indisponível)image

Azalea via Boutiika
image
Que tal arriscar um mix de estampas?

Beijos!

Processo criativo – Estampa “Clusters”

Como eu tinha prometido na página do facebook, aqui vai o post mostrando o processo criativo de uma das minhas estampas. Quero frisar que essa não é a “melhor maneira” ou a “maneira mais correta”, apenas o jeito que eu faço!
Obs: esse post vai ficar gigante porque eu usei muitos elementos na estampa e também porque eu falo muito rs. Me desculpem!

Vou mostrar o passo a passo da estampa “Clusters”, que eu já postei aqui no blog. Escolhi essa estampa pois ela tem muitas etapas e elementos e, por isso, acho que vai render um post bem completo! :)

Esse é o resultado final:
image

Vamos lá, vou começar pelo básico, a minha área de trabalho :)
O que eu uso é o seguinte (desculpem pela foto horrorosa!):

image

Macbook Pro 13”, Monitor LG 22”, Tablet Wacom Intuos PTZ-630, Mesa de luz (mandei fazer – se alguém quiser o contato do marceneiro deixa aqui nos comentários), Sketchbooks (sempre uso os da linha Kraft da Cicero, com espiral, fica mais facil pro scanner e pra mesa de luz), lápis, canetas nankin e por aí vai!

Agora falando da estampa em si, vou começar pelos pássaros. Bom, eu não sou uma exímia desenhista, mas isso não é vergonha – nem limitação – pra quem quer trabalhar com estamparia. Sim, tenho uma invejinha branca daqueles virtuosos que desenham qualquer coisa, mas eu me viro como posso.

Eu fiz esse primeiro pássaro há muito tempo, sem pensar que ele viraria essa estampa ainda. Eu busquei uma referência no google e desenhei diretamente no meu caderno, “de olho” (fotos abaixo). Obviamente não ficou idêntico, mas o objetivo também não era esse.

image

image

Vetorizei no Illustrator, com traços simples, e colori. Gosto muito da combinação “creme e marrom” para preenchimento e contorno, ao invés do tradicional “preto e branco”, acho que dá um ar meio vintage :)
Eu ia usar esse passarinho em outra estampa que cheguei a criar, mexer um pouco, mas não estava satisfeita, então deixei de lado. Recentemente resgatei o passarinho e aproveitei ele nessa estampa! (as flores eu também aproveitei recentemente, na estampa “Felicidade” que postei aqui no blog!)

O segundo passarinho eu fiz usando a minha mesa de luz. Procurei novamente referências na internet, imprimi e fiz um traçado por cima da foto com uma caneta nankin. Vetorizei com o live trace, do Illustrator CS6, e usei as mesmas cores do anterior.

image

Agora, as flores! Lembram de um post que eu fiz aqui falando do site Pattern People, que comercializa uma série de recursos que eles chamam de Designer Tools? Eu comprei com eles há um tempo o “Spring Florals Photo Pack”, um pacote de fotos copyright free que você pode usar da forma que quiser nos seus trabalhos.

Escolhi as pastas “Camellias” e “Clusters” que vem dentro desse pacote, selecionei algumas fotos e levei pro Photoshop. Recortei as flores, trabalhei as cores (não existia laranja, por exemplo), apliquei o pacote de actions “Vintage Set” – action Vanilla Pudding (gratuito, clique no nome para baixar) e também o filtro “Poster Edges”, do próprio Photoshop, controlando os níveis pra obter o efeito que eu queria.

Próximo passo, “gotinhas” e “pois” (poá).
Esses dois elementos eu também não tinha feito especialmente para essa estampa. Um dia peguei umas folhas de papel e comecei a rabiscar, com um marcador preto (marca Copic) diversos elementos repetidos em várias folhas, de forma bem livre.

image

Como eu queria um efeito “handmade”, peguei essas duas imagens, levei para o Photoshop, onde as deixei puramente em preto e branco, sem subtons de cinza (Image > Adjustments > Threshold), passei pro Illustrator e usei o bom e velho “Live Trace”, que é uma ótima opção pra vetorizações rápidas e sem muitos detalhes. (usar com moderação! rs.)

Agora, a montagem, que foi feita no Illustrator.
Dentro do mesmo arquivo, coloquei todos vetores e também as imagens que eram bitmap. Para estas, usei a opção “embed image” para que elas não precisassem ser “links” e ficassem dentro do próprio documento.

Montei mais ou menos o que eu queria em termos de composição (foto abaixo) com dois outros detalhes: a moldura e o céu atrás dos pássaros. A moldura eu tenho que confessar que eu fiz na mão, usando o trackpad do notebook (sem mouse ou tablet) e o azul é na verdade uma foto do céu, literalmente rs.

image

Depois, selecionei os elementos e fui para o painel de padrões do Illustrator (Object > Pattern > Make), ajustei o posicionamento dos elementos, o rapport, etc. e depois, adicionei o fundo amarelo e os pois (poás).

Acho que é isso, gente! Não entrei muito no mérito do Illustrator porque a idéia era mostrar o processo criativo, não o técnico. Isso já é mais assunto pros vídeos do site Metapix ;)

Desculpem de novo se o post ficou grande, mas era muita coisa pra mostrar! Espero que vocês gostem!!

Beijos!

Estampa Clusters

Mais uma estampa própria! 

Estampa “Clusters”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

Nessa estampa eu resolvi arriscar um pouco e misturar vetores com fotos, texturas, filtros… acho que ficou caótico mas harmônico ao mesmo tempo. O que vocês acham? Podem ser sinceros rs. :)

Próxima estampa própria virá acompanhada do processo criativo, passo a passo! 

Estampados #1

Comecei hoje uma seção nova do blog (“Estampados”) também com uma seleção de estampas, porém desta vez aplicadas em superfícies!

Para o post #1 dessa série, escolhi mostrar exemplos de almofadas estampadas, pois adoro decoração e acho que almofadas são um jeito bem prático da gente colocar as nossas estampas em objetos reais e dar vida à elas! :)

Seguem abaixo as minhas escolhidas:

The Graduate Collection
image

Houzz
image

Marcelo Romero
image

My favourite colour
image

Polyvore
image

Spires
image

Pegasus Design
image

Leah Reena Goren
image

Amy Sia
image

Bianca Green
image

Espero que vocês gostem das estampas que eu escolhi e da nova seção do blog! No post estampados #2, vou colocar imagens de roupas estampadas, o que vocês acham?

Estampa “Felicidade”

Agooora sim, outra estampa própria.
Estampa “Felicidade”, por Patrícia Capella.
Vocês também podem ver essa estampa diretamente no meu portfólio!

image

image

A alegria e o nome dessa estampa refletem bem o meu estado de espírito com essa nova fase da minha vida. Com uma virada radical na minha carreira, escrevendo no meu blog que eu tanto gosto e com o meu portfólio finalmente no ar… não tem como não estar feliz!

Espero que essa estampa também transmita essa sensação para vocês! :)

Ah, só uma perguntinha: vocês tem vontade de ver processos criativos, sketches, etc.? Se sim, me avisem que eu faço um post mostrando!

Beijos!

Pattern People: E-books, fotos, trend guides e etc.

Vocês conhecem o site Pattern People?
Foi um dos sites mais interessantes que eu encontrei revirando a internet atrás de informações e inspirações sobre estamparia.

O Pattern People é um site com muitos recursos para designers de estampas. Você pode seguí-los através do blog, twitter, pinterest e facebook, mas o mais interessante desse site são as ferramentas (designer tools) que eles disponibilizam/vendem online.

image

Dessas ferramentas, eu adquiri os dois e-books “Repeat after me” e “Pattern design & beyond”. Aliás, eu estou escrevendo esse post exatamente para falar sobre esses livros, pois eu percebi que vocês gostaram da última dica de livro que eu postei aqui no blog e algumas pessoas inclusive me pediram outras referências de livros.

Os dois livros tem propósitos bem diferente: o primeiro, 
Repeat after me” fala mais da construção de estampas em si, oferecendo dicas/tutoriais de técnicas tanto no Illustrator quanto no Photoshop. Já o “Pattern design & beyond trata do mercado e da carreira do designer de estampas. Vou colocar abaixo a sinopse dos dois livros pra vocês terem uma idéia melhor:

Repeat After Me is a complete series of step-by-step tutorials that will give you the tools to master pattern repeats.

How do you turn your artwork into a pattern repeat? How do you format your work for the factory or a client? All this and more is covered in Repeat After Me: Creating Pattern Repeats in Illustrator and Photoshop. Learn the underlying concepts behind repeat building through step-by-step tutorials. From tosses to diagonal stripes, we’ll show you techniques and tricks using the Adobe Creative Suite to make your designs the best they can be. As a bonus, we’ve also included a chapter on color separations.  And for your visual enjoyment, browse over 400 patterns from surface designers around the world. Repeat After Me is a practical guide for students, artists, designers, and pattern lovers, providing creative inspiration for all.

——————————————————————————————————————-

Pattern Design & Beyond
An Insider’s Guide to Creating and Managing Your Own Surface Design Career

How do you turn your love for patterns into a functional business? Claudia Brown and Jessie Whipple Vickery of surface design studio, Pattern People, share their insider secrets in the new e-book, Pattern Design & Beyond: An Insider’s Guide to Creating and Managing Your Own Surface Design Career. With how-to pattern design guides, a thorough break-down of how the print industry operates, and loads of helpful resources, this publication provides a wealth of information for the burgeoning surface designer. The book also showcases over 80 international artists whose work illustrates the many print styles found in the market. Pattern Design & Beyond is an inspirational guide for students, professionals or anyone else with an appreciation for pattern design.

Eu já li os dois e os tenho sempre por perto para reler algo sempre que necessário. O preço de cada um separadamente é U$24,95 porém, se comprados juntos, ambos saem por U$36,95 e tudo no site  pode ser pago por Paypal. (Não, eu não ganho nada se vocês comprarem esses livros rs. É só uma indicação porque eu sei que, pelo menos aqui no Brasil, não tem muuuitos livros legais na área).

Fora os livros, eles ainda tem outras “design tools” legais como, por exemplo, as coleções de fotos que você pode comprar pra usar nos seus trabalhos: “Spring Florals Photo Pack” e “Romantic Bloom Photo Pack”. Em cada pacote, encontram-se mais de 250 fotos, sem copyright que você pode usar da forma que quiser em seu trabalho depois de comprar. Elas podem servir de referência para um desenho, uma aquarela, etc. ou até mesmo serem usadas diretamente como fotografia.

Por último, eles também oferecem guias de tendências de estampas e cores para as próximas estações, como este Print and Color trend guide | Spring 14 que oferece mais de 250 imagens e paletas de cores com referência na escala Pantone.

E aí, acharam interessante?
Beijos e até o próximo post!

Estampa/carimbo de bolinhas usando plástico bolha

Achei simples e interessante, quem não tem um pedaço de plástico bolha sobrando por aí pra criar essa estampa carimbada de bolinhas?

via pattern pulp, imagem original alisa burke

imageimage

Gostaram? Fica com um efeito manual bem legal né? Já dá pra ter idéias de vários outros materiais pra sair carimbando por aí e usar na criação de estampas, não é mesmo?

Beijos!

Do what you love for life

“Do what you love (for life)”, blog da Beth Nicholls (uma mulher com uma história de vida incrível que vale a pena conhecer – aqui) é uma ferramenta online conhecidíssima lá fora, que já encorajou centenas de pessoas – dos mais variados países – a trabalharem com aquilo que elas amam ou, mais especificamente, com a estamparia. Porque só quem trabalha com isso sabe como é apaixonante, né?

image

Eu me identifico muito com esse blog porque é realmente isso que eu penso e sinto em relação à estamparia e foi o que eu decidi fazer da minha vida: trabalhar com o que eu gosto, com o que é a minha paixão. Afinal de contas, a vida é muito curta pra gente perder 1/3 (ou mais) dos nossos dias com algo que a gente não gosta, não é mesmo?

Hoje em dia, o blog dela é mundialmente conhecido, especialmente por causa dos e-courses e dos retiros que ela organiza – tudo em função de ajudar as pessoas a descobrirem e a fazerem o que elas gostam: daí o nome em inglês – do what you love for life.

Mas o que realmente leva a Beth a modificar a vida dessas pessoas certamente é a série de cursos “The Art and Business of Surface Pattern Design”. Essa mudança é perceptível através dos resultados obtidos pelos alunos, não só em termos de qualidade de trabalho mas também em relação ao salto em suas carreiras. Mesmo após a formação dos seus alunos, o pessoal do DWYL continua acompanhando e ajudando  os “formandos”. Acho que o trabalho delas é tão bom porque podemos perceber que é feito com muito carinho e dedicação.

Pra quem está procurando uma boa forma de entrar nesse mercado mas não tem tempo ou um curso específico que possa frequentar perto de casa, essa é uma ótima dica! O único problema é que o preço é um pouco salgadinho, mas, se realmente for transformador como aparenta ser, deve valer a pena!

Beijos e hoje ainda tem mais post!

Inspiração – Florais Woking Girl Designs

Achei essas imagens lindas pelo Pinterest e tive que compartilhar com vocês! Essas imagens mostram o processo criativo da designer têxtil Helen, do blog Woking Girl Designs, que trabalha na área há 12 anos!

Nossa, eu fiquei de queixo caído com esses florais. Ainda não sei muito sobre ela pois acabei de descobrir essas imagens pelo Pinterest, mas já sei que vou revirar o blog de cabeça pra baixo e trazer mais coisas bonitas que nem essas pra vocês!

Beijos e boa noite!

Pattern Observer

Vou começar a postar agora também uma série de outros sites que falam sobre estamparia e que eu acho que vale super a pena acompanhar e assinar a newsletter.

Pattern Observer é o site da designer Michelle Fifis que, após anos de atuação no mercado de design têxtil, decidiu começar em 2008 o seu próprio negócio, montando um estúdio em sua casa e depois iniciando seu blog. 

O diferencial do Pattern Observer são, certamente, os e-courses que ele oferece. Com mais de 10 anos de experiência de mercado, ela oferece cursos abordando todos os assuntos necessários para que os seus alunos comecem uma carreira de sucesso no ramo.

No site, o que chama atenção são os cursos principais, que são pagos, porém ela disponibiliza também alguns recursos grátis que já são bem legais.

Sobre os recursos grátis: patternobserver.com/free-resources

image

Recentemente ela passou a disponibilizar um treinamento grátis, na forma de um vídeo de aproximadamente 16 minutos, que é muito interessante! Para ter acesso a esse vídeo, basta clicar no primeiro link da página de recursos grátis: “Creating an Irresistible Surface Design Collection”. Você será levado à uma página de cadastro da newsletter do site (que eu acho interessante vocês assinarem, não é um bombardeio de emails nem spam) e vocês receberam um link para acessar o vídeo.

O mais interessante desse vídeo curto é que ela propõe alguns exercícios de análise do seu próprio traço e do seu público-alvo, que te fazem pensar bastante e, também, querer assinar o curso pago completo! rs. Também sugiro ler os outros artigos desta página e navegar pelo blog dela!

E, na parte de e-courses – patternobserver.com/courses – encontram-se os cursos pagos, que são 3 no total: “The sellable sketch”, “The ultimate guide to repeats” e “Building your own textile design business”.

image

O cursos de maior sucesso dela é o “The Sellable Sketch”, que possui 6 “vídeo-tutoriais” que você pode baixar e assistir no seu tempo, mentorias com a própria Michelle, um review por escrito do seu portfólio feito por ela e acesso de três meses à área privada do site.

Bom, já me alonguei muito! Abaixo de cada um dos banners você consegue obter mais informações sobre o curso, como também preços e datas de início.

Eu estou animada para fazer esse primeiro curso online, alguém mais???
Beijos!

Florais #2

E agora, florais mais alegres!
Escolhi esses cinco florais abaixo, que tem como base um fundo amarelo (do mais clarinho ao mais vibrante) pra contrastar com os outros florais escuros – dark florals – do post passado!

Lembrando mais uma vez que essas estampas não são minhas, são apenas uma referência para criação e para inspirar vocês (e a mim também!)

Sisboon
image

Amy Butler
image

Sisboon
image

Equilter
image

Camila Meijer
image

E aí, qual o estilo preferido de vocês? Mais gráfico, mais clássico, mais detalhado, mais simples?

Beijos!

Patterned Paint Rollers

Ao invés de uma cor chapada ou de um papel de parede, que tal pintar as paredes da sua casa com uma estampa? Vocês conhecem os Patterned Paint Rollers?

image

A idéia me pareceu bem legal, porém exige bastante firmeza nas mãos e muita atenção pra não fazer uma linha torta ou perder o encaixe!

Pra quem ficou curioso, tem um vídeo ensinando a preencher o rolinho com a tinta:

Esse produto é comercializado pela “The Painted House”, a empresa da inglesa Clare Bosanquet, que se apaixonou por esses rolinhos em um mercado na Romênia. Segundo ela, essa é uma alternativa aos papéis de parede que é usada há mais de 100 anos por lá!

No site da empresa vocês podem ver muitos exemplos, tanto em paredes quanto em tecidos e madeira!

Alguém aí arriscaria? :)

Pássaros #1

E agora, a vez dos pássaros!
Procurei estampas de estilos bem diferentes pra vocês terem idéias de caminhos diversos pra seguir.

A princípio vou fazer como no post “Florais #1” e colocar 5 imagens pro post não ficar muito longo. Mas, se vocês acharem legal colocar mais estampas é só deixar aí nos comentários que eu faço um update no post. Estampa é o que não falta! hahaha. Vamos lá!

PS: Como o nome indica, haverão os posts “Florais #2”, “Pássaros #2”, etc.

Moniquilla
image

Pegasus Design
image

Não tenho o link da imagem abaixo :(
image

Etsy
image

Equilter
image

Nossa, foi difícil escolher (só!) essas 5 estampas. Mas, conforme for, já já sai o post  Pássaros #2.

Espero ter ajudado vocês a se inspirarem!

Beijos!



Estampando: cilindro – La Estampa

Postando o vídeo anterior eu me lembrei desse aqui… na verdade são dois, vou colocar um seguido do outro!

Esse vídeo é da La Estampa <3 e mostra a produção de uma estampa usando cilindros. O vídeo foi produzido na parceira espanhola da La Estampa, a Sedatex. Se eu não me engano, a estampa amarela, linda, que tá saindo do forno alí é da Farm!

Sou só eu ou é uma delícia assistir uma estampa bonita dessas sendo impressa?

No próximo post, impressão digital!