Inspira, não pira! #2

Oi, gente!

Mais uma edição da tag “Inspira, não pira”. Já conferiram a primeira, só com criadores brasileiros??? :)
Para quem ainda não sabe, essa tag foi criada com a intenção de ajudar quem está passando por bloqueios criativos e precisa de uma boa dose de inspiração… para não pirar!

No post de hoje vou compartilhar com vocês 5 contas de artistas, desta vez estrangeiros, quem tem um trabalho maravilhoso e cujos perfis valem muuuito à pena seguir! Muito mesmo, sério!

Vamos à eles???






Gostaram? Alguns deles eu já sigo há anos!!! Então que tal conhecer um pouquinho mais sobre cada um? O link para cada perfil está no título, ao lado do nome do artista! Sigam, curtam, acompanhem e se inspirem! :)

Queria aproveitar para pedir indicações de @ de artistas! Se seguem algum artista incrível, deixem aí nos comentários! Vou adorar conhecer e indicar em uma próxima edição!

Beijos e até o próximo post!
Patrícia Capella

Pantone 2020 – Classic Blue

Oi, gente!

A essa altura vocês já devem saber qual é a cor da Pantone para o ano de 2020, correto? Caso ainda não saibam, a cor eleita para esse ano foi o Pantone Classic Blue 19-4052, uma cor calma, clássica e elegante. Gostaram??? Eu gostei e já estou usando em estampas para clientes do estúdio!

A Pantone definiu o Classic Blue da seguinte forma:

Um tom azul atemporal e resistente, Pantone Classic Blue 19-4052 é elegante em sua simplicidade. Lembrando o céu noturno do entardecer, suas mensagens confiantes e empáticas de Pantone Classic Blue 19-4052 aumentam a nossa aspiração por uma base sólida e estável sobre a qual construir, enquanto adentramos o limiar de uma nova era.pantone.com.br

E por que as cores do ano da Pantone são importantes? Devemos sempre seguí-las em nossas criações?

Bom, antes de definir isso é sempre importante avaliar o cliente para quem estamos desenhando. É um cliente mais comercial, mais antenado com tendências? Se sim, pode ser muito interessante! Ou será que trata-se de um cliente mais autoral, com uma linguagem mais característica? Nesse caso há de se pensar se esse Pantone funcionaria no contexto do cliente. Muito importante também: a cor se encaixa na temática das estampas ou coleção? Consigo combiná-la com uma paleta que faça sentido para o meu projeto?

Quando respondemos todas essas perguntas, conseguimos definir se usamos, ou não, a cor do ano da Pantone. Se optarmos por usar, no próprio site da Pantone conseguimos obter os códigos correspondentes à essa cor em modo RGB (15 76 129), Hexadecimal (#0F4C81) e CMYK (100 76 25 0) para aplicá-la na nossa estampa, em qualquer software que estivermos usando.

Além disso, no próprio site da Pantone ficam disponíveis algumas paletas de cor que incluem o Classic Blue e que podem ser uma base para aplicarmos a cor em uma estampa ou coleção de estampas. E, como informação adicional, temos ainda as proporções de uso de cada cor da paleta. Confiram:







E aí, gostaram do Classic Blue??? Vão usar? Qual das paletas acima vocês acharam mais interessante??? Fico aguardando a opinião de vocês nos comentários!

Um beijo grande e até o próximo post!

Patrícia Capella